O que o Megacubo 2018 tem de novo?

Adeus ano velho, feliz ano novo! Quem nos acompanha no Facebook já dever saber que o Megacubo vem passando por uma reformulação “divisora de águas”. Após o programa completar 10 anos de existência, em outubro de 2017, decidimos reescrever o programa do zero e, agora, você já pode conferir o novo Megacubo 2018 (ou v14).

A nova versão não esta somente mais bonita, mas também mais funcional. Muitas características permanecem presentes, como seções de Favoritos, Histórico, Categorias, atalhos de teclado, etc. Mas vamos às novidades:

Pacotes de IPTV

Em vez do nosso velho formato *.mcp agora o programa trabalha com pacotes no formato *.m3u8, o que o torna compatível com as chamadas “listas de IPTV”, que já estão bem difundidas atualmente. Essa mudança traz 3 vantagens:

1. Mais leve: O velho formato MCP se tratava de um arquivo comprimido contendo um arquivo XML para cada canal, se um pacote tivesse 1.000 canais, por exemplo, para ler o pacote o programa tinha de descomprimir e interpretar estes 1.000 pequenos arquivos. O novo formato padrão, o M3U8, é um playlist em formato simples e não-comprimido, para ler um pacote de 1.000 canais o programa não precisa descomprimir nada e precisa ler apenas um arquivo.

2. Liberdade: Diferente de antes, onde você recebia uma lista pronta, limitada e centralizada, agora você pode instalar pacotes atualizados por fontes diversas e com conteúdos diversos.

Com uma rápida busca no Google por “lista IPTV atualizada” você descobrirá inúmeras opções de pacotes, alguns com mais de 9.000 transmissões, entre canais e conteúdos. Você pode inclusive manter sua própria lista se desejar.

Há também listas IPTV pagas que garantem a qualidade HD e a disponibilidade por um preço razoável.

3. Não funcionou? Troque o pacote: Quando um canal não funciona, você já não precisa “esperar atualizarmos a lista”, basta pegar outro pacote mais atualizado, os quais você encontra no Google, em vídeos do Youtube ou nos inúmeros grupos sobre IPTV do Facebook. O programa lhe permite cadastrar quantas listas desejar, quanto mais listas, mais fontes de conteúdo. Saiba mais sobre como adicionar ou remover pacotes neste link.

Adeus IE, olá Chrome!

Por muito tempo os usuários se queixaram do programa usar o Internet Explorer internamente. “Tem que instalar Internet Explorer 10 ou 11? Por que?”, “não consigo instalar e por isso não posso usar o programa”, “por que não usam o Google Chrome no lugar?”.

Pois bem, os ventos mudaram, agora o programa realmente está usando o Google Chrome internamente, mais especificamente o Chromium, que é a base do Google Chrome. Com isso melhoramos a performance e segurança do programa.

A melhor parte, é que você não precisa se preocupar em baixar ou instalar o Chromium, Google Chrome ou o que quer que seja, agora a versão correta já vem embutida no programa, isso deixou o instalador bem maior, mas as vantagens compensam. Mesmo por que, se sua Internet é rápida para assistir vídeos online, baixar o instalador não será nenhum problema.

Multi-plataforma

O Megacubo 2018 foi desenvolvido usando NW.js, o que permite que o programa rode em Windows, Linux e Mac.

Para Windows, você pode contar com nosso instalador que em poucos cliques já deixará o programa funcionando em seu computador.

Já para outros sistemas operacionais, como o bom e velho Linux, enquanto não há um método de instalação mais apropriado, você pode baixar o arquivo NW mais recente em nosso Sourceforge. Para rodar esse arquivo NW, que é um arquivo ZIP renomeado, você precisará baixar e instalar a versão “normal” do NW.js.

100% Opensource

Há muitos anos o Megacubo já é “código aberto”, no entanto a linguagem e o formato em que foi estava escrito (PHP + Winbinder) complicava um pouco para que outras pessoas compreendessem o projeto.

Agora, o projeto é escrito em Javascript (Node.js) e tem seu GitHub, onde você pode estudar cada detalhe do funcionamento do programa, sugerir ideias, reportar bugs ou mesmo enviar seu “pull request” com melhorias para contribuir com o projeto.

Para que você possa usufruir da nova versão sem ficar perdido no “mas como funciona?”, clique aqui para conferir como adicionar e remover pacotes.